quarta-feira, 13 de julho de 2016

Homossexualidade "a novela" (homosexuality)

  Vamos lá a mais um capitulo dessa novela.
Sei que não é uma coisa tão comun vê dois homens ou duas mulheres se beijando, e não vai ser do dia pra noite que isso vai mudar, pelo contrário, ainda vai gerar muita polêmica e discussões.
 O mais recente caso que tá dando o que falar é o capítulo da novela "LIBERDADE, LIBERDADE".
Muitas e muitas críticas estão sendo postadas nas redes sociais. Algumas sem muito coerência, por exemplo;
-isso é uma vergonha para o Brasil, crianças assistindo essa pouca-vergonha-. Concordo que é um choque para uma criança ver uma cena dessa, mas as crianças de hoje não são "bestinhas" como as de antigamente. Elas sabem que existe a homossexualidade no mundo.
Outra coisa, quais pais em sã consciência deixa seus filhos acordados até essa hora da noite, ou "pior", já que eles acham errado, porque permitem que os filhos assistam?.
  Não sei de nada, só sei de uma coisa, sobre esse assunto tenho minha opinião formada. Todos têem o direito de ir e vir e fazer "o que quizer". O tão conhecido LIVRE-ARBÍTRIO.
  Não é pra criticar ou aceitar, é unico e exclusivamente respeitar, pelo menos isso, pois somos todos iguais e todos merecem respeito.

Só pra completar, também acho que a globo se aproveita da situação pra aumentar a audiência.


sexta-feira, 8 de julho de 2016

Educando crianças (educating children)

Primeiramente quero deixar bem claro que ainda não sou pai, mas tenho muito experiência com crianças, pois sou tio de 3 meninos, no qual dois foram "criados" em minha casa, e também tenho uma sobrinha.
 Rapidamente vou descreve-los de acordo com suas personalidades:

¤ ERIVAN; o mais velho, 10 anos, personalidade muito forte, tem dificuldades em aprender e compreender na escola e ao ser questionado;
¤ RUAN; 5 anos, super imperativo, não consegue obedecer ninguém;
¤JOÃO VITOR; 3 anos , bastante compreensível, escuta e entende o que passamos pra ele, podendo diferenciar o que pode ou não pode fazer, inclusive chama a atenção de seus irmãos, além de muito carinhoso;
¤ ERICA; 2 anos, mimada, então não tem mais o que falar, além de ser muito inteligente;
Como vocês podem perceber, são 4 crianças com 4 personalidades diferentes.

  Acredito que cada criança já  nasce com sua propria personalidade e que podemos tentar fazer é dar caráter.
 Nem sempre podemos culpar os pais ou avós, apesar de que crianças criadas pelos avós aparentam mais mimada, podendo se tornar um adulto mais "problematico".

  Citarei algumas dicas que podem nos ajudar;

°Um pai não pode tirar a autoridade da mãe, pelo menos na frente da criança, e assim visse-verssa;
°Os avós devem dar limites as crianças e não serem tão compreensíveis quando aprontam algo. Muito menos tirar a autoridade dos pais ao questionarem as crianças pelas suas atitudes. (acreditem, acontece muito);
°Não digam apenas "Não", sejam um pouco "maleável" e diga um "Sim" de vez enquando.
Uma criança que só recebe "não", tornam-se um adolescente revoltado. Pelo menos dê o motivo do "não", o porque da criança não poder fazer tal coisa.
E por último;
°A criança deve ser castigada, não agredida, pois crianças precisam orientação, limites, advertência, atenção, carinho e amor.

Só pra esclarecer, quando falo em castigo, refiro-me a tirar as coisas que leas gostam, tipo brinquedos favoritos, video game, perder passeios ,etc. Ela precisa saber que o que tá fazendo é errado e pode gerar consequências.

Espero que vocês tenham gostado e que ponham em prática essas dicas.